SINDUR se reúne com SGP-GEB do Governo do Estado para Buscar apoio na transposição de empregados(as) da Caerd e Ceron

0

reuniao1

Na manhã dessa quinta feira (14), a executiva do SINDUR, representadas pelos dirigentes Wilson Lopes, José Roberto, Josenilde O. Braga, Alan Bentes e Inácio Azevedo, se reuniu com o Coronel Rodrigues (Silvio Luiz), o Procurador do Estado Dr. Luciano, o Presidente da CAERD Sr. Cleverson Brancalhão e a empregada da CAERD Sra. Debora Cortez, para tratar de questões pontuais referentes os processos de transposição para os quadros da União, em empregados(as) da CAERD e CERON.

O primeiro ponto abordado na referida reunião, foi a necessidade de se melhorar a forma das notificações das decisões tomadas pela CEEXT – Comissão Especial dos Ex-Territórios, tendo em vista termos encontrado inúmeros casos de emissão de notificações que não chegaram aos interessados, especialmente aos que perderam o vínculo com as citadas empresas, ou porque mudaram seus email’s, ou porque não os cadastraram ao fazer a opção administrativa.

Apesar dessa ser uma ação que não depende da SGP – Secretaria de Gestão de Pessoal do Governo de Rondônia, o Coronel Rodrigues, ficou de intermediar uma reunião com o DIGEP∕SEGAD, departamento e secretaria que representam a União no Estado de Rondônia, com o objetivo de se buscar solucionar esse problema aqui no estado mesmo, e só em não havendo solução local, intermediará reunião com o Presidente da CEEXT Sr. Amado Bueno.

Outro pontuado, foi o de que o Governo do Estado nos ajudasse junto a CEEXT, na apreciação de processos administrativos de empregados da CAERD e CERON, de uma forma especial, na apreciação dos processos de empregados(as) admitidos até 15 de março de 1987; que não estão aposentados, e no caso da CERON, que além de não aposentados ficaram nos quadros da empresa até a sua privatização. Apesar dessa questão ser muito pontual, o entendimento comum na reunião foi de que é necessário conquistar a transposição de alguns(mas) trabalhadores(as) da CAERD e CERON, para “romper” o entendimento de que eles(as) não tinham direito a transposição.

Registramos, por fim, que o SINDUR não deixará de continuar lutando para equacionar a questão do aposentados pelo RGPS – Regime Geral da Previdência Social, que estão tendo seus processos indeferidos, assim como também os que perderam seus vínculos com as empresas, independente de quando saíram. A luta para que a PEC 007 seja votada o mais rápido possível, também não sai de nossa pauta.

CLIQUE PARA VISUALIZAR O INFORMATIVO

FORTALEÇA NOSSA LUTA, FILIE-SE AO SINDICATO!

Deixe uma resposta