Manifestantes fazem ato contra Temer durante desfile em Porto Velho

0

Movimento Brasil Popular fez ato dentro do pelotão do ‘Grito dos Excluídos’.

Conforme o organizador do ‘Grito’, padre Jair Luiz Gusberti, a ideia de estar contra o presidente não endossa o movimento, mas a igreja não se opõe a participação dos manifestantes, já que faz parte da democracia. “A igreja abre o espaço para cada um se manifestar e cada movimento traz seu próprio apelo”, diz.

Integrante do movimento Brasil Popular, Val Barbosa afirma que os direitos que a sociedade conquistou são sagrados e devem ser defendidos. “Fomos convidados pela igreja e trouxemos nossa bandeira”, declarou.

Após se concentrar no encontro das avenidas Jorge Teixeira e Imigrantes, o grupo tentou invadir a pista em que as instituições estavam desfilando. A Polícia Militar (PM) interviu e tentou negociar para que o pelotão desfilasse por último, mesmo não estando na programação oficial. Enquanto isso, o trajeto do desfile foi encurtado para não atrapalhar a cerimônia.

O movimento ‘Grito dos Excluídos’ é realizado pela 22ª vez em Porto Velho. Este ano o tema escolhido pela igreja foi ‘Vida em primeiro lugar’, com o subtema ‘Este sistema é insuportável; exclui, degrada e mata’. Após serem barrados pelos militares, o grupo se dispersou. 

Fonte: G1Rondonia

Deixe uma resposta