Greve na Caerd: Audiência de conciliação no TRT será nesta quinta (13)

0

O Sindicato dos Urbanitários de Rondônia (Sindur), ajuizou na terça-feira (11) o dissídio de greve no Tribunal Regional do Trabalho 14ª Região, através do processo DCG-0000236-44.2017.5.14.0000. Em despacho ao dissídio, o presidente do TRT 14, desembargador do Trabalho Shikou Sadahiro, designou audiência de conciliação para a quinta-feira (13), às 9h, no Plenarinho do edifício-sede do Regional.

Em seu segundo dia, a manifestação teve adesão de trabalhadores da Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia (Caerd) em Porto Velho, Colorado do Oeste, Espigão do Oeste, Santa Luzia do Oeste, Costa Marques, Ji-Paraná, Ouro Preto do Oeste, Jaru e Guajará Mirim.

Atendendo a determinação do Tribunal do Trabalho, o Sindur informa que 70% dos trabalhadores permanecem em atividade, assegurando a prestação de serviço durante o período de mobilização.

O Sindur espera chegar a um acordo junto a empresa quanto ao constante atraso de salário, falta de proposta de recomposição de perdas desde maio de 2016 a abril de 2017, além do cumprimento das cláusulas e sentenças normativas 2016/2017.

Segundo o presidente do Sindur, Nailor Gato, é inadmissível a empresa alegar que não pode atender as reivindicações dos trabalhadores, sendo que entre 2014 e 2016 gastou mais de R$ 20 milhões em contratações de cargos comissionados, fato considerado inconstitucional pelo TRT, que condenou a Caerd a exonerar cargos comissionados sem concurso.

“O valor exorbitante poderia atender ao direito dos trabalhadores e ainda ser investido em melhoria no saneamento básico”, enfatizou Nailor Gato.

Deixe uma resposta