Confusão na Caerd: Policial saca arma contra servidores

0

Na manhã desta terça-feira (21), um policial civil cedido para a Caerd teria sacado uma arma e apontado contra servidores da companhia, que estão realizando manifestação contra a situação crítica em que se encontra a companha de águas do Estado.

De acordo com informações de pessoas que estavam no local, o policial teria discutido com alguns servidores e durante a confusão, ele teria sacado uma arma e apontado em direção aos manifestantes. A Polícia Militar foi até o local.

O Sindicato dos Urbanitários (Sindur) acertou uma paralisação nesta terça-feira, 21, na Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) para exigir a negociação do acordo coletivo de trabalho do biênio 2016/2018. Entre as cláusulas da pauta de negociação enviada à empresa estão o aumento de 9,8% extensivo ao vale-alimentação, auxílio escolar, transporte e convênio médico. A diretoria da companhia pediu compreensão aos sindicalistas alegando que a situação econômica não é das melhores em todo Brasil e a estatal continua com o plano emergencial para equilibrar as contas. Insatisfeitos, os diretores do Sindur estão organizando o manifesto e prometem endurecer o movimento até a Caerd cumprir as exigências.

Fonte site: painelpolitico.com.br

Deixe uma resposta