Ministério realiza levantamento e constata 322 situações irregulares de aposentadoria

0

JAPÃO (IPC Digital) – O Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência Social realizou levantamento sobre os idosos beneficiário da aposentadoria, no qual ficou claro que cerca de 300 pessoas já estariam mortas ou dadas como desaparecidos.

O Ministério constatou que o pagamento da aposentadoria estava sendo creditado mesmo nos casos em que o beneficiário estivesse falecido. O levantamento foi realizado por visitas e pesquisas via correio para os aposentados. Para aqueles com idade superior a 75 anos, foi pedido que enviassem uma “notificação de situação presente”, tratando-se de uma declaração atestando a saúde do aposentado.

Como resultado, obteve-se um número de 233 aposentados falecidos que ainda estavam ativos no sistema, além de 89 pessoas dadas como desaparecidas, totalizando 322 pessoas em situação irregular.

Em média, o valor pago por pessoa a cada mês é de ¥ 94.000,00. O Ministério deve suspender imediatamente os pagamentos indevidos, fora isso, as famílias dos aposentados falecidos ou desaparecidos devem ser procurados a fim de efetuar a devolução dos pagamentos irregulares.

Na pesquisa, constatou-se que em 27 casos entre os aposentados falecidos, a situação estava sendo mascarada por má fé. Os nomes foram entregues à polícia pelo ministério para investigação, noticiou a rede NHK Web News.

O Ministério declarou que a partir do ano que vem, as medidas de fiscalização devem se tornar mais rígidas. Ao buscar a apresentação da “notificação de situação atual”, deverá ser apresentado também o certificado de residência.

 

Autor : IPCDIGITAL | Fonte : IPCDIGITAL

Deixe uma resposta